segurança

Cotidiano e profissionalismo: segurança ciclista

27/09/2017
Visualizado 1 vez(es).

Segurança

Tanto na vida profissional quanto no cotidiano de ciclistas, muitas medidas podem ser tomadas para prevenir acidentes e propiciar segurança. Nas intempéries do cotidiano, nem sempre o ciclista vai transitar em locais iluminados. Por esse motivo é essencial equipar a bicicleta pensando nisso e a adoção de luzes é de extrema importância.

Recomenda-se que, para melhor distinção dos motoristas, se utilize luzes brancas na parte frontal e vermelha na traseira. Também que sejam chamativas para atrair ainda mais a atenção dos motoristas de forma padronizada. Em acompanhamento com as luzes também é importante o uso de adesivos reflexivos. Apesar das bicicletas virem de fábrica com esse assessório muitas vezes eles não são eficientes.

Outra importante medida de segurança que tanto os ciclistas no cotidiano quanto no profissional devem prestar atenção é relacionada ao uso de acessórios que proporcionam proteção corporal. Dentre eles, podemos citar o capacete. O uso de capacetes, é uma recomendação, embora se uso não seja obrigatório, ele auxilia na proteção do crânio em possíveis traumas consequentes de quedas e é de fácil uso.

Outros acessórios indicados são as luvas e os óculos. As luvas são importantes para proporcionar conforto, porque devido ao apoio contínuo, é comum que o ciclista sinta formigamento ou sensibilidade nas mãos. A luva pode reduzir esse impacto, além de ser também indicada para épocas frias por proporcionar aquecimento para melhor mobilidade na condução do freio. Os óculos por sua vez protegem os olhos de partículas que podem irritá-los durante percursos, além do que se a pessoa já utiliza óculos ele é fundamental.

Atenção difusa

Para melhor segurança do ciclista também existem estratégias que são fundamentais, como, procurar percorrer trajetos em vias públicas sempre no mesmo sentido que os carros. O sistema de trânsito já é regra na cabeça das pessoas, significa que, as pessoas tanto pedestres quanto motoristas dão maior atenção para o sentido corrente. O ciclista precisa pensar que, eles não olharão para a contramão. Ou seja, diferentes tipos de colisão podem ocorrer quando o ciclista percorre na contramão. Aliás, em uma possível colisão o atrito vai ser menor se o ciclista estiver no mesmo sentido que um carro.

Trânsito

Andar na direita dos veículos também pode ser uma opção segura que facilita a visibilidade dos motoristas. Também é importante que o ciclista sempre sinalize o que pretende fazer com as mãos. Vale lembrar que é importante agradecer quando ganha vez ao motorista, porque isso criará uma relação de coleguismo. Assim, o motorista passa a ver o ciclista como um colega do trânsito e não como um entrave .
Outra dica é que o ciclista procure optar por ciclovias, ou ciclofaixas e ruas calmas. Assim, evita-se transitar em meio a grandes fluxos, reduzindo assim chances de acidentes.

Também é essencial que o ciclista evite algumas ações que podem estar naturalizadas, como, por exemplo, transitar em calçadas. Isso pode ocasionar em acidentes com pedestres.

Outra medida para ambas as situações é importante é manter as revisões da bicicleta em dia. Obviamente, quando se trata de ciclismo profissional isso é uma medida básica para melhor desempenho. Mas, em ambos os casos, procurar assistência para revisão é uma maneira de manter seu equipamento com estabilidade e segurança.

Essas medidas podem auxiliar o percurso do ciclista, consequentemente fazendo com que andar de bicicleta seja ainda mais satisfatório.

Instagram Personal

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *